Resenha do filme Roda Gigante

Resenha do filme Roda Gigante

Roda Gigante conta a história de uma família dos anos 60, onde o marido Humpty(James Belushi), casado com Ginny (Kate Winslet), ele é viúvo e Ginny é seu segundo casamento. Logo, Ginny tem um filho que poderia ser chamado de tocha, do seu primeiro casamento.

Humpty tem uma filha que casou-se com um gangster perigoso da máfia, porém ela retorna para casa após fugir do seu marido, que não tratava a mulher como ela deveria.

Ginny não vive um casamento feliz, quando seu marido bebe a espanca, seu filho causa problemas na escola e em qualquer lugar que tenha madeira, papel e um fósforo. Não bastasse os problemas, a filha de Humpty volta como uma fugitiva de seu marido gangster.

Até que um dia Ginny vai à praia para espairecer e da de cara com Mickey (Justin Timberlake), um guarda-vidas, escritor e disposto a ouvir o desabafo da esposa que não ama mais seu marido.

Ginny se apaixona por Mickey, que por sua vez se apaixona por Carolina, a filha do marido de Ginny. Bem, parece uma confusão e é mesmo.

A trama se resume a esses amores possíveis e improváveis, porém vai além quando falamos de um filme de Woody Allen, a fotografia do filme é perfeita, o drama é paralelo a iluminação, que espetacular.

Não espere por um final surpreendente, mas se você já acompanha o trabalho de Woody Allen, sabe que muita coisa fica no ar e o final é você quem faz.

Ginny é uma atriz que não deu certo, seu filho é um amante do fogo e do cinema, seu esposo trabalha em um carrossel e tem problemas com bebida, Carolina vive um drama com seu esposo e se apaixona por Mickey, Mickey é um salva-vidas que ama a literatura.

Samuel Melo

07, Janeiro de 2018