Dúvidas dos seguidores sobre a SII. A Nutricionista responde!

Dúvidas dos seguidores sobre a SII. A Nutricionista responde!

Quem tem a síndrome do intestino irritável é rodeado de dúvidas em relação em como deve agir, o que comer e como se alimentar para que os sintomas da síndrome não tirem a nossa paz.

Por isso, a SIISaúde entrou em contato com a Dra. Gorette Albuquerque para nos esclarecer melhor sobre algumas dúvidas que surgiram no grupo da Síndrome do Intestino Irritável no Facebook.

Uma breve apresentação da doutora Gorette Albuquerque, CRN 6ª Região 143.

Graduada pela UFPE, Pós-graduada em Administração de Serviços de Saúde (INAD/UFPE), Sanitarista (NESC/FIOCRUZ), Nutrição Clínica (FADE/UFPE), Nutrição Clínica Funcional (VP Consultoria Nutricional/AHANGUERA), Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia (VP Consultoria Nutricional /Universidade Cruzeiro do Sul).

Atuação por 25 anos em Ambulatório do SUS, no Hospital Geral de Areias.

Há 13 anos atuação em consultório particular, cujo local atual é o Empresarial Trade Center Rio Mar, Torre B, sala 603.

Sócia do Programa NutriSão, com atividades em Clínica, consultoria, educação e prevenção.

SiiSaúde – O que você acha do uso de Biointestil? O que acha do tratamento com fitoterapia (ex: usar uma tintura de guacatonga, gengibre, dente de leão e camomila? Existe um melhor horário para ingerir probióticos e glutamina (Uso probióticos à noite e glutamina em jejum)?

Alguns profissionais trabalham com dosagens mais altas de vitamina D para inibir as crises da SII. Acredita ser válido? Por quê?

Gorette Albuquerque - Há vários produtos e possibilidades de formulações, porém a indicação ou não, depende das queixas apresentadas, que apesar de algumas serem comuns, é importante avaliar a pessoa como um todo, porque as necessidades são diferentes. Desta forma, um produto pode ser indicado para a SII, mas poderá ocasionar efeitos indesejáveis em uma ou outra pessoa. Ao mesmo tempo, há alguns fitoterápicos que tem melhor indicação para uso como tintura, enquanto outros em cápsulas/pastilhas, etc.

Há dois horários que indico o uso de glutamina: em jejum e/ou 1 hora antes de uma refeição, como por exemplo, o jantar. Quanto aos probióticos é essencial ser ingerido à noite, antes de dormir e, de acordo com a necessidade, também ao acordar, ou seja em jejum.

Quanto à Vitamina D, é importante dosar e tomar as medidas necessárias à suplementação, para garantir um aporte adequa e constante, que algumas vezes são diferentes aos apresentados como  valores referencias dos laboratórios.

SiiSaúde  - O que é bom para dores na barriga tipo “fincadas” e barulho na barriga?

Gorette Albuquerque - É importante rever a alimentação como um todo; fazer alguns ajustes. Sugiro também avaliação através de alguns exames de fezes e de urina, para uma noção mais clara do que acontece com o intestino.

SiiSaúde – O que ela acha da dieta low fodmaps, se há expectativa de que o Brasil logo tenha produtos específicos pra quem tem sii, como já há em outros países.

Queria saber também a opinião dela sobre transplante de fezes como tratamento para sii?

Gorette Albuquerque - É uma possibilidade, porém é necessário identificar a causa, o que ocasiona e procurar corrigir para melhor qualidade de vida.

No consultório já tratei de vários casos, através da Nutrição Clinica Funcional, através de alimentação, suplementação, fitoterapia, que muda de pessoa para pessoa e de acordo com o momento atual.

Quanto ao transplante de fezes é indicado para vários problemas, mas não é ainda uma forma de tratamento para a SII.

SiiSaúde – A síndrome do intestino irritável pode desenvolver doenças auto imunes?

Gorette Albuquerque - Não necessariamente, porém o tratamento inadequado dificulta a absorção de nutrientes essenciais a saúde, com grandes prejuízos à saúde como um todo, o que pode levar ao desenvolvimento de sintomas associados a outras doenças.

SiiSaúde – O que você acha sobre o agar agar para quem tem ressecamento e muitas gases?

Gorette Albuquerque - É uma opção, porém o ressecamento pode estar ligado a pouca hidratação, que é fundamental; vale salientar que a água representa cerca de 70% do peso do nosso corpo. Outra observação importante é a temperatura e a umidade do ambiente.

SiiSaúde – Qual o melhor horário para tomar o probiótico e a glutamina?

Gorette Albuquerque - Há dois horários que indico o uso de glutamina: em jejum e/ou 1 hora antes de uma refeição, como por exemplo, o jantar. Quanto aos probióticos é essencial ser ingerido à noite, antes de dormir e, de acordo com a necessidade, também ao acordar, ou seja, em jejum.

SiiSaúde – Apesar de crises constantes da SII D, tenho um ganho de peso frequente. É comum? É provável que seja mais inchaço. Tenho o abdômen muito distendido.

Gorette Albuquerque - O ganho de peso sem explicação aparente pode ser um dos resultados da inflamação de baixo grau, observada em casos como a SII, o que pode também levar ao inchaço e outros sinais e sintomas, que podem comprometer a qualidade de vida.

SiiSaúde – Eu não tenho dores nenhuma só diarreia e faz tempo, o que tomar?

Já tomei quase de tudo.

Gorette Albuquerque - Sugiro que faça avaliações mais específicas de fezes, o que pode levar a várias pistas. Se houver alguma infestação/infecção ou síndrome fungica, isso poderá contribuir para manter a diarreia, com consequente redução à absorção dos nutrientes.

 SiiSaúde – Se após a retirada da vesícula pode acontecer a Sii? Devido à síndrome da pos colecistectomia!

Gorette Albuquerque - Os sintomas apresentados pós colecistectomia normalmente não tem relação com o desenvolvimento da SII.

SiiSaúde – Você indica a dieta lowcarb ou paleolítica pra quem tem SII-D?

Gorette Albuquerque - Não costumo seguir padrões de dietas, porque mais importante é como se apresenta o paciente, suas queixas, seus sintomas, porque a terapia nutricional deve ser individualizada; para alguns podem ser maravilhosas, para outros não.

A doutora Gorette atende a cidade do Recife/PE e quem quiser agendar uma consulta, segue os contatos:

(81) 3877-2732 / 99297-2354.

Observação: A ideia dessa postagem não é de fazer com que as pessoas deixem suas recomendações médicas, pois nada melhor do que um acompanhamento com o seu profissional de confiança e com os devidos exames concluídos. Sabemos que a síndrome muitas vezes é diferente para cada pessoa, e por isso é preciso ser acompanhada individualmente, com o passar do tempo você vai saber o que te faz bem ou não.

Até a próxima!

Samuel Melo

01, Março de 2019