Síndrome do pânico, como lidar?

Síndrome do pânico, como lidar?

O que é síndrome do pânico? De acordo com a wikipédia, é um transtorno de ansiedade caracterizado por um intenso medo e/ou mal estar com sintomas físicos e cognitivos que se iniciam de forma brusca e alcançam intensidade máxima em cerca de 5 minutos e causando medo de morrer persistente e recorrente, o que aumenta a chance de outros ataques.

Agora, imagine a síndrome do pânico somada com a síndrome do intestino irritável?

Para quem sente isso na pele, sabe bem como é e deseja que não sinta por muito tempo, mas para quem nunca teve esse frio na barriga é melhor continuar assim. Para muitos é citado como “frescura”, fulano está “frescando” ou está é doido. “Ele devia se ajudar, mas só fica pensando besteira, por isso está aí, com doidice”.

Bem, eu tenho síndrome do intestino irritável e por alguns momentos sinto o pânico tomando conta do meu corpo desde o fio de cabelo até o dedão do pé. É o medo de desmaiar, é a sensação de morte, é o enjôo, é uma mistura de emoções que nem uma queda livre em uma montanha russa poderia descrever.

Mas esse texto é para tentar aliviar a tensão de quem está passando por isso, você não está sozinho, eu te entendo e sei bem como nos sentimos desprotegidos com tudo isso, e também para os que não sentem mas convive com alguém que sente esses sintomas, estenda a mão, ajude, converse, abrace, pois posso te garantir que um “simples” abraço faz uma diferença enorme em momentos de crise.

A busca por um profissional da saúde também é muito importante, mas as vezes queremos somente um apoio para nos ouvir e chorar um pouco, pois nos sentimos frágeis quando não conseguimos enfrentar o inimigo que está à nossa frente.

O importante é não desistir no meio do caminho, não vai valer à pena.

Siga firme e até a próxima!

Samuel Melo

13, Dezembro de 2017